Concurso PM Tocantins: Formada comissão para edital de 1.000 vagas

Quinta, 19 de Dezembro de 2019

Concurso PM Tocantins: Formada comissão para edital de 1.000 vagas

O concurso PM TO (Polícia Militar do Tocantins) para o cargo de soldado está cada vez mais próximo de se concretizar. Após a anulação do último certame, no início deste ano, o comandante-geral da corporação, coronel Jaizon Veras, anunciou, na data de 24 de outubro, que o governador Mauro Carlesse autorizará a realização do novo certame, para o preenchimento de 1.000 vagas.

 A seleção foi novamente confirmada, pelo próprio governador, na última quarta-feira, 11 de dezembro, no decorrer do evento de passagem de comando do 1º Batalhão da PM. Em sequência, no último dia 13 de dezembro foi publicada, em diário oficial, a portaria 064/2019, que institui a comissão organizadora.

“Nossa polícia é agora uma polícia muito mais forte, cada vez mais firme e decidida. Agradeço à Polícia Militar pela confiança, dedicação e por tudo que têm feito. Vamos a cada dia melhorar mais, para dar as condições necessárias aos policiais militares, civis, aos bombeiros e todos que fazem parte da segurança que cuida do nosso Estado. O Governo sempre procura melhorar, dar condições, estruturação e se Deus quiser, vamos fazer esse concurso que vai trazer mais mil policiais militares, 100 como bombeiros. Ainda é pouco, mas é o início de uma mudança muito grande”, disse o governador Mauro Carlesse.

Requisitos para inscrição:

-Possuir ensino médio,

-Idade de 18 a 30 anos,

-Altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres.

 Lembrando que a remuneração inicial da categoria é de R$ 4.455,46.

Os membros da comissão do concurso são presididos pelo servidor Márcio Antônio Barbosa de Mendonça, são:

Dosautomista Honorato de Melo, Lorena Alfonso Cavalcante Fernandes, Valéria Rosana Bento Gaali, Alessandra Lúcia Batista de Lima e Kelson Silva de Castro.

Categorias